Mensagem oficial 04 de 2014 - 63 apoiadores

 

Prezados(as) Colegas MNBDistas.

Temos utilizado menos as mensagens oficiais para interagirmos, pois como já informamos antes, estamos dando preferência à comunidade facebook e a nosso site oficial por serem instrumentos de comunicação mais rápidos e interativos. O que nos falta é tempo de escrever comunicados a cada novidade.. E são muitas!!!

Já estamos com 53 deputados e 11 senadores signatários em nossos projetos de gratuidade que irão tramitar na Câmara e no Senado. Nos falta ainda 20 dias para as eleições e para nós fazermos nossa galeria com quem está nos apoiando e que merece nosso voto e nosso trabalho nas eleições deste ano. Veja a Galeria de Apoiadores em nosso site oficial, histórico de ações. Link: http://www.mnbd.org/index.php?option=com_content&view=article&id=1528:mnbd-apoia-&catid=16:historico-de-acoes&Itemid=3

Estamos também trabalhando junto aos presidenciáveis – Dilma, Aécio, Marina, Everaldo e Levy – para levar nossa luta para suas plataformas de campanha.

Estamos ainda mudando a estrutura de nosso site para deixa-lo novamente funcional e ser o “cartão de visitas” de nossa entidade.

PROJETOS DE GRATUIDADE

Estamos seguindo a estratégia adotada para obtermos a gratuidade da taxa do exame OAB definida pelo Conselho de Líderes do MNBD. A maioria já sabe que nossa entidade não tem chefe ou dono, tem 21 presidentes estaduais e seus vices e diretores, que analisam cada ação nacional a ser adotada...

Assim, estamos fazendo história no Congresso Nacional. É a primeira vez que uma iniciativa de entidade colhe assinaturas de autoria para projeto de lei coletivos, em ação concomitante na Câmara e no Senado, ambos com o mesmo texto legal.

Há vários projetos coletivos, com 10, 30, 50 deputados assinando como co-autores, mas sempre iniciativas de governo, de oposição ou consenso. No Senado também há registros de projetos coletivos, mas com menor número de signatários e com os mesmos objetivos.

Projeto de interesse de uma categoria (acadêmicos e bacharéis em Direito), com apoio coletivo de parlamentares, com colheita de apoios feita pela entidade, com mesmo texto legal na Câmara e no Senado... Não, parodiando um ex-presidente, “Nunca antes na história deste País” aconteceu isto...

Podemos não ter as carteiras “vermelhas” (vários presidentes estaduais do MNBD já têm carteira há anos) e não sermos advogados legalmente (lei 8906/94, art. 3º) mas, somos “advogados por direito” e juristas conhecedores dos fundamentos jurídicos tão bons ou melhores que nossos adversários, líderes da OAB...

Já temos notícias de estados, onde a OAB está “gastando nosso dinheiro” para promover almoços e jantares com deputados, para pedir que NÃO ASSINEM o projeto de gratuidade e NÃO O APOIEM, pois caso contrário, irão quebrar as OABs... Alguns estados (seccionais) estão enviando ofícios aos parlamentares, o grupo de lobby da OAB no Congresso está ativo, mas todos têm dificuldades geradas pela nossa estratégia...

Em primeiro lugar, os parlamentares querem saber qual o número do projeto que a OAB quer que eles NÃO apoiem... Não existe, pois ainda estamos colhendo assinaturas para darmos entrada nas Mesas da Câmara e do Senado quando (nós do MNBD) definirmos ser o momento certo.

Outro ponto que desestrutura o ataque da OAB é NÃO saber quem estamos contatando... Se para nós é impossível contatarmos ao mesmo tempo os 513 deputados e os 81 senadores, mesmo com sua estrutura gigantesca e poderosa, a OAB também não tem como fazer o mesmo...

A OAB só fica sabendo QUEM está nos apoiando DEPOIS que o parlamentar já se definiu e assinou o Projeto na Câmara e no Senado, e aí não tem o que fazer além de riscar o nome do parlamentar de sua lista de apoiadores...

Não se iludam que a obtenção de assinatura de apoio de cada parlamentar como co-autor é fácil... Só quem está trabalhando junto conosco – nossos presidentes e alguns poucos colegas – entende a dificuldade de obtermos estes apoios públicos.

A OAB não dá votos para ninguém, mas tira votos que é “uma beleza”, pois tem espaço gratuito na mídia e ataca a todos que identifica como “inimigos”...

Assim, só mesmo o parlamentar que defende nossa luta é que assina publicamente nossos projetos, sabendo que terá apoio dos acadêmicos e bacharéis e seus votos, mas já contando com os ataques da OAB nesta época de eleições...

Assim, muitos apoiadores que estiveram do nosso lado, que já nos defenderam em outras ocasiões, não estão assinando os projetos para evitarem os ataques da OAB nesta época de campanha. Isto tanto na Câmara quanto no Senado. Todos afirmam que irão apoiar os projetos em sua tramitação, que quando for a voto, teremos seu voto e seu apoio, mas que não querem assinar os projetos ANTES DAS ELEIÇÕES para evitarem o ataque frontal das OABs em seus estados... E estes apoiadores com medo dos ataques da OAB são muitos...

Mas faz parte do jogo político preservar estes apoiadores de bastidores. Melhor ter eles ao nosso lado até a hora do voto, que a OAB NÃO saiba quem são e os pressionem para votar contra nós...

A única contrapartida para quem está nos apoiando pública e abertamente é o voto dos colegas nestas eleições e o trabalho destes colegas junto a familiares, parentes, amigos e colegas para que eles se elejam e sigam nos defendendo como “pais” da Gratuidade da Taxa do Exame OAB...

Já temos 53 deputados e 11 senadores signatários dos Projetos e teremos o final deste mês de setembro para aumentar esta galeria.

Pedimos aos colegas que contatassem seus parlamentares em suas cidades/regiões em todo o Brasil e alguns colegas já fizeram isto – São Paulo, Bahia, Rondônia, Mato Grosso do Sul, etc – mas ainda em pequeno número.

Agora vamos contar com os colegas para coletarem os últimos apoios, fotografarem a assinatura e fazerem a foto com o parlamentar para nossa galeria de apoiadores, para os que iremos trabalhar, votar e pedir voto, nestas eleições.

Para terem uma idéia do valor de cada apoio obtido, vejam que um projeto de lei de iniciativa popular (caso do Projeto que tornou homicídio qualificado – caso Daniella Perez por exemplo – crime hediondo) tem de recolher 1 milhão e 500 mil assinaturas de eleitores com toda a qualificação burocrática (nome, endereço, nº de CPF e Título de Eleitor) conferida por cartórios e esta “montanha” de papel ser apresentada à mesa da Câmara, para que a Mesa designe 1 (UM) deputado para assinar o Projeto e a proposta possa tramitar na Câmara...

Ou seja, CADA ASSINATURA que obtemos em nossos projetos, é igual a 1,5 milhão de assinaturas de eleitores...

A OAB diz que já somos 5 milhões de bacharéis impedidos de trabalhar por não passar no exame. Já temos 64 parlamentares signatários (53 deputados e 11 senadores). Ou seja: nosso trabalho já equivale a um abaixo assinado com 96 milhões assinaturas populares !!! E vamos ter mais ainda !!!

Por isto precisamos dos colegas nos estados, trabalhando com seus parlamentares. O trabalho de 1 colega pode ter o peso de 1,5 milhão de eleitores...

É hora de agir. Uma esmagadora maioria de colegas reclama, esperneia, protesta, mas não faz nada de concreto contra o exame da OAB. Entendemos que muitos têm medo da OAB, muitos têm vergonha da reprovação no exame, muitos não acreditam nas chances de vitória contra a OAB e seu estelionatário exame.

Agora temos um objetivo claro e de fácil aceitação por ser uma questão de Justiça Social, já com apoio de parlamentares “de peso”, líderes e vice-líderes de bancada e de governo, ex-governadores, membros de mesas diretoras e apoiadores antigos.

Entre na luta e consiga 1 (UM) Parlamentar signatário a mais !!! Todos estão em suas cidades, bases eleitorais, buscando reeleição ou disputando novos cargos. O(a) colega não precisa ter dinheiro, não precisa vir a Brasília, não precisa de mais nada senão tempo e dedicação para obter o apoio de seu deputado ou do Senador de seu estado, de sua cidade... Lute conosco !!!

LUTA JUNTO AOS PRESIDENCIÁVEIS.

Nossos presidentes estaduais e suas diretorias estão interagindo com as campanhas dos principais presidenciáveis desta eleição.

Nosso Presidente em São Paulo, Mario Soares está em contato com um assessor da coordenação da campanha da Presidenta Dilma Rousseff do PT e aguarda-se uma reunião em Brasília.

Nosso Presidente no Amazonas, Clailton de Oliveira está trabalhando para chegarmos a coordenação de campanha de Aécio Naves do PSDB, juntamente com trabalhos em Brasília.

Nosso Presidente em Santa Catarina, Vilmar Gravuni está trabalhando com uma coordenadora da campanha de Marina Silva do PSB, dando seguimento ao trabalho que já estava sendo com Eduardo Campos. Publicamos informações a respeito em nosso site oficial. Leia em “Luto por Eduardo Campos” em Noticias do Dia.

Nossa Presidente em Sergipe, Ana Cristina Reis está trabalhando junto a um dos coordenadores da campanha do Pastor Everaldo do PSC e destacamos o apoio da bancada da Frente Parlamentar Evangélica a nossa luta.

Nosso Conselheiro estadual no Rio de Janeiro, Vanderson Claudino trabalha com a coordenação de campanha de Levy Fidelix do PRTB já a algum tempo.

Todos estes contatos estão adiantados. Não temos garantia de que nenhum ainda vá defender a gratuidade da taxa do exame da OAB em seus programas de governo, mas todos estão sendo instados a se posicionarem.

REFORMULAÇÃO DE NOSSO SITE

Desde outubro de 2011, nosso site teve 8 ataques hackers feitos por profissionais que danificaram vários setores do site. Já no primeiro ataque, no inicio de 2012 (assim que publicamos pela primeira vez nossas provas documentais de manipulação do exame...) o contador de visitas que em 4 meses tinha chegado a 95 mil visitantes, pifou de vez...

Ficamos sem condições de ativar o chat, setores se tornaram inativos e serviços como cadastramento e envio de noticias ficaram inoperantes...

Estamos com uma empresa de informática de Santos/SP, contratada para refazer nosso site em uma estrutura mais resistente a ataques hackers e colocar TODOS os setores para funcionarem e ainda acrescentar algumas novidades.

Como nosso estatuto proíbe recebimento de mensalidades e de doações, os custos do contrato foram rateados em uma “vaquinha” apenas entre presidentes do MNBD...

As novidades irão a Rede Mundial de Computadores em breve...

FINALIZANDO

Peço mais uma vez a ajuda de colegas na busca por apoios de parlamentares e reitero para que coloquem nosso site oficial – www.mnbd.org - como página inicial em seus computadores, de forma a seguirem as novidades pelo menos com uma passagem de olhos nas manchetes a cada dia...

Quem tiver perfil no facebook, não fique fora de nossa comunidade oficial na redes sociais. Seja membro e acompanhe as novidades, participando das informações e debates – MNBD Movimento dos Bacharéis em Direito, link https://www.facebook.com/groups/102574239897683/

Conto com o(a)s colegas em nossa luta. Como sempre afirmo, nossas conquistas são a soma das ações de cada colega, em cada cidade, a cada dia...

Fraternal abraço.

 

Nós temos



Visitantes desde 24/10/2011:

001557895
Hoje:
No mês:
Total:
567
14638
1557895